Hepatite C Notícias

Especialistas debatem Hepatite-C em Simpósio da Academia Nacional de Medicina

A Academia Nacional de Medicina organizou, na última quinta-feira (29), Simpósio para discutir atualizações em hepatite-C. Além de discutir os aspectos da infecção, foram abordadas as associações da doença ao carcinoma hepatocelular. Organizado pelos Acadêmicos Carlos Eduardo Brandão Mello e Mario Barreto Corrêa Lima, o Simpósio reuniu especialistas e profissionais da área da saúde em evento marcante para a agenda científica da Instituição.

O Acadêmico Carlos Eduardo Brandão fez apresentação intitulada “Hepatite-C: O Vírus, Epidemiologia e Manifestações Clínicas”, ressaltando a multidisciplinaridade do tratamento da doença. Salientou que a hepatite C se encontra em situação endêmica – calcula-se que existam mais de 170 milhões de pessoas contaminadas em todo o mundo, 2,1 milhões só no Brasil. Afirmou se tratar de uma epidemia silenciosa, uma vez que a maior parte dos portadores do vírus apresenta a doença em sua forma assintomática. Segundo o gastroenterologista, um dos fatores mais preocupantes com relação à doença é a alta parcela de infectados (80%) que desenvolve algum tipo de quadro crônico, como a cirrose hepática e o carcinoma hepatocelular.

Clique aqui e confira a matéria completa.